“Tomando sobretudo o escudo da persuasão, com o qual podereis extinguir todos os dardos inflamados do nefasto.” Efésios 6:16

Se é forçoso estar seguro e permanente mantendo singular circunstância de cultivo, ficar nesse circunstância exige que o armífero se proteja. Atrevido é que o escudo é a única objecto da armadura que aparece é apontada sua fnalidade específica.
O que é persuasão?
Mais do que sítio banal, definir persuasão a abalar da etimologia é forçoso. Convicção tem duas raízes, uma na língua grega e outra na latina. Do latim vem fides, que significa fidelidade e do helênico vem pistia, que indica a concepção de confiar. Portanto etimologicamente, persuasão salvo convicção é atitude de fidelidade a essa convicção. Uma vez que disse o jornalista da epístola aos Hebreus: “Ora, a persuasão é o seguro ensinamento das coisas que se esperam, e a mostra das coisas que se nunca vêem.” (Hebreus 11:1). Em seguida desse trecho o responsável da epístola enumera uma quantidade descomedido de homens e mulheres de Deus que pela persuasão fizeram maravilhas e suportaram os ascendentes sofrimentos. Foram fieis e mantiveram a
convicção que os motivava, sendo considerados homens “de quem o globo nunca estação honesto” (v.38).

A Confissão de Convicção de Westminster define a persuasão nos seguintes termos:
“I. A laracha da persuasão, pela qual os eleitos são habilitados a acreditar para a salvamento das suas almas, é a acto que o Psique de Cristo faz nos corações deles, e é ordinariamente operada lã ministério da vocábulo; por esse ministério, apoiado porquê pela gestão dos sacramentos e pela exposição, ela é aumentada e fortalecida.
Ref. Heb. 10:39; II Cor. 4:13; Ef. 1:17-20, e 2:8; Mat. 28:19-20; Rom. 10:14, 17: I Cor. 1:21; I Ped. 2:2; Rom. 1:16-17; Luc. 22:19; João 6:54-56; Rom. 6:11; Luc. 17:5, e 22:32.
II. Por essa persuasão o cristão, segundo a domínio do mesmo Deus que pronunciação em sua vocábulo, crê ser veras tudo quanto nela é desvelado, e age de concordância com aquilo que cada cedência contém em privado, prestando sujeição aos mandamentos, assustador às ameaças e abraçando as promessas de Deus para esta bibiografia e para a futura; contudo os principais atos de persuasão salvadora são – concordar e receptar a Cristo e firmar-se solitário nele para a razão, santificação e bibiografia eterna, isto em dom do conciliação da laracha.
Ref. João 6:42; I Tess. 2:13; I João 5:10; At. 24:14; Mat. 22:37-40; Rom. 16:26; Isa. 66:2; Heb. 11:13; I Tim. 6:8; João1:12; At. 16:31; Gal. 2:20; At. 15: 11.
III. Esta persuasão é de diferentes graus, é fraca ou duro; pode ser muitas vezes e de muitos modos assaltada e enfraquecida, todavia continuamente alcança a triunfo, atingindo em muitos a uma perfeita estabilidade em Cristo, que é nunca apenas o responsável, porquê igualmente o consumador da persuasão.
Ref. Rom. 4:19-20; Mat. 6:30, e 5: 10; Ef. 6:16; I João 4:5; Heb. 6:11, 12, 10:22 e 12:2.”
Portanto persuasão é crédito e fidelidade, todavia nunca de singular guisa que se produz porquê alternativa particular, é acto da Laracha e solitário pode ser dada lã Todo Forte. Uma vez que disse o propagador Paulo “a persuasão vem lã escutar e o escutar PELA vocábulo de Deus.” (Rm 10:17). A verdadeira persuasão é irrespondível e impossível de ser abdicada.
Nessa guerra haver singular escudo oferecido lã peculiar Deus é maravilho!
Dardos Inflamados.
O curiosos nesse término é o traje de serem dardos inflamados. Atrevido por nunca ser uma arma que possa ser usada de perto, todavia que é lançada de distanciado. Contudo se por singular fileira podemos permanecer “tranquilos” com lista à arredor do rival, acredito que a obsessão deva estanciar na quantidade de dardos. Uma coisa que continuamente labareda minha gentileza em cenas de guerras antigas nos filmes é o traje de não ser uma unica venábulo/seta a ser lançada, todavia continuamente uma quantidade descomedido de flechas, também profuso é a quantidade de arqueiros a impulsionar as flechas. Porém o que seriam esses dardos inflamados? 
Pela definição de persuasão, etimologicamente falando, temos que persuasão é a ligação de duas palavras que remetem a fidelidade e a crédito. Biblicamente falando, o jornalista aos Hebreus define porquê seguro ensinamento do porvir (coisas que se esperam) e mostra do recordação (coisas que nunca se veem). Portanto partindo da definição do que é a proteção podemos surgir a aprimoramento do que é o objeto de agravo, os tais dardos inflamados. 
O que pode se desmentir à crédito e à fidelidade? O que pode abater as bases do porvir e distinguir a ilusão do recordação? Digo que zero pode abater esses elementos a nunca ser a incerteza. Uma vez que diz o jornalista aos Hebreus “Ora, sem persuasão é impossível agradar-lhe; porque é forçoso que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.” (cap. 11; vers. 6). Se nunca há convicção na existência Dele, porquê poderíamos nos surgir a Ele? Se nunca cremos que Ele existe porquê poderíamos lhe ser leal?
Algo de Local Corriqueiro

Disse o Evangelista Pedro “Anelo sóbrios; vigiai; porque o demónio, vosso contendedor, anda em derredor, bramando porquê leão, buscando a quem possa devorar 1 Pedro 5:8”. Antes desse trecho, Pedro indica a crédito em Deus porquê o medicamento para todos os nossos problemas e dá a abono de que “a seu temporada vos exalte[ará];1 Pedro 5:6b”. A escorço de inimigos que necessitam da “mostra das coisas que nunca se veem” para serem percebidos nos seus atos é apoiado banal. Nunca apetite de exprimir do demónio e seus anjos, todavia é forçoso levar em cômputo a sua existência para perfazer o senário dos dardos inflamados, já que estes são lançados lã nefasto.
Portanto se por singular fileira o escudo proteje o armífero, por outro existe a asseveração de que dardos são e serão lançados minando a crédito e desestruturando as bases da fidelidades dos soldados de Deus. Contudo pela persuasão podem ser apagados.

Receba Estudos Bíblicos Diretamente no Seu Email! É Grátis!

Estamos com o PROPÓSITO de escrever um artigo POR DIA sobre um livro da bíblia. 

SE INSCREVA E RECEBA PALAVRAS DE BENÇÃO!

 

Equipe Blog de Crente

O Blog de Crente surgiu de duas necessidades: Ampliar o alcance do evangelho de Jesus Cristo e ser uma opção de estudos bíblicos e qualidade e enriquecedores.

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *