Quem é Jesus Cristo

“1 No começo época o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo época Deus. 2 Ele estava no começo com Deus. 3 Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele zero do que foi concluído se fez.” (João 1;1 – 3)

Apesar de seu nome jamais ser aludido nesse trecho do Evangelho de João, é a respeito de Jesus que o evangelista articulação quando se refere ao Verbo que existe a começar de da perpetuidade com Deus.

Jesus Cristo Histórico


Jesus (em semita: ישוע/ יֵשׁוּעַ; transl.: Yeshua; em helênico: Ἰησοῦς, Iesous),  nasceu entre 7–2 a.C e morreu por giro de 30–33 d.C. Sem incerteza é a criatura mais precípuo da humanidade, observado que seus ensinamentos moldaram as culturas de metade do astro e influencia a bibiografia das pessoas mesmo mais de 2000 anos posteriormente de seu princípio.
Apesar de alguns duvidarem da sua existência e contestarem os evangelhos, existem provas documentais romanas, judaicas e gregas que corroboram, jamais solitário que Jesus existiu, todavia que viveu na judeia, no tempo que os evangelistas descrevem.
O cronista de berço judaica Flávio Josefo  (37 ou 38 -. 100) escreveu o seguinte a respeito de o uno notório “fazedor de milagres”;
“… entrementes existia, naquele temporada, uno notório Jesus, varão instruído… Quadra fazedor de milagres… ensinava de tal ordem que os homens o escutavam com prazer… Quadra o Cristo, e quando Pilatos o condenou a ser crucificado, esses que o amavam jamais o abandonaram e ele lhes apareceu no terceiro dia…”
O romano Públio Cornélio Tácito (56 d.C. – 120 d.C.) disse o seguinte quanto aos que seguiam uno tal Cristo:
“… Nero infligiu as torturas mais refinadas a esses homens que por baixo de o nome banal de cristãos, eram já marcados pela merecida das infâmias. O nome deles se originava de Cristo, que por baixo de o reinado de Tibério, havia sofrido a lição de decesso por uno decreto do representante Pôncio Pilatos…”
Urna de Tiago datada de aproximadamente 63 d.C
Ali desses temos igualmente registros de Plínio (62 d.C. – 114 d.C.), do noticiarista helênico Luciano de Samosata, a urna de Tiago datada de 63 d.C, onde pode encontra-se letra a seguinte letreiro  “Tiago, fruto de José, irmão de Jesus”.
A existência de Jesus de Nazaré é mais e melhor documentada do que a de escritores clássicos porquê Homero, que jamais se tem mostra de sua existência, ou ainda de Platão e Sócrates que apesar de quiçá terem existido, jamais possuem as tantas evidências, de tanta orientação quanto Jesus de Nazaré. Contudo mesmo assim Cristo tem sua existência questionada.

O Messias

Apesar da liberalidade e sacralidade que o epígrafe evoca entre nós cristãos, Jesus jamais foi o singular a reivindicá-lo para si, mesmo tendo o concluído em pouquíssimas ocasiões. Ainda hoje existem os que se dizem o messias ou ao menos os que são sua “reencarnação”. O derradeiro mais famoso (jamais, jamais é Inri Cristo), chamava-se Menachem Mendel Schneerson, uno prodigioso rabi que impressionou a congregação judaica e provavelmente reivindicaria o “messianato”.
Contudo por que podemos confiar que Jesus de Nazaré, fruto de marceneiro, missionário itinerante época de veste o Messias de Deus?
O messias foi predito no Ascendente Testamento por diversas vezes, 456 para ser mais exato e a claro de encontrar a verosimilhança do parabéns dessas profecias, uno matemático denominado Peter Stoner pegou exclusivamente oito delas, as mais especificas e difíceis de se cumprirem numa unica criatura e fez os cálculos.
As profecias escolhidas foram:
1. Jesus nasceu em Belém ( Mq 5:2 e Mt 2:6);
2. Haver sua advento precedida por uno embaixador (Is 40:3 e Mt3:3);
3. Entraria em Jerusalém montado em jumentinho ( Zc9:9 e Mt 21:5);
4. Haver sido iludido por companheiro e aluno ( Sl 41:9 e Mt 10:4)
5. Ele seria iludido velo valor de 30 moedas de prata ( Zc 11:12 e Mt 26:15);
6. O verba seria atirado na mansão de Deus ( Zc11:13b e Mt 27:5a);
7. Haver ficado silencioso vanguarda aos seus acusadores ( Is 53:7 e Mt 27:12);
8. Teria seus pés e mãos traspassados ( Sl 22:16 e Lc 23:33)
Observem que Stoner tomou as mais diferenciadas do que outras porquê, ser progénito de Abraão, Isaque, Jacó; ser progénito da tribo de Judá; haver as suas trajes sorteadas; operaria milagres, etc. Assim, Stoner relata em seu análise das probabilidades que a chance de uma única criatura haver cumprido em si mesmo as oito profecias mencionadas supra é de 1 em cada 1017, isto é, 1 em 10 cocuruto à décima-sétima potência. Isto seria 1 criatura entre 100.000.000.000.000.000 ( 100 quatrilhões ). Para mando saber leste produto, Stoner citou o exemplo imaginando alguém tomando uma quantia de uno aposento de dólar (vinte e cinco centavos) na qual se faria uma limite. Após espalharia no Circunstância do Texas 100 quatrilhões de moedas idênticas o que daria para vedar toda a dimensão do situação numa profundeza de 60 cm, mais ou menos. Logo, convidamos alguém com os olhos vendados e diríamos a esta criatura: – actualmente procure a quantia marcada e traga-a de giro. (http://www.cafetorah.com/node/516)
Qual seria a verosimilhança dessa criatura descobrir esta quantia? Essas eram as chances que Jesus dispunha para que se cumprisse exclusivamente essas 8 profecias. E sabemos que essas e as outras se cumpriram nele e o parabéns das profecias acerca do Messias que seria comunicado por Deus, é a mostra final necessária de que Jesus de Nazaré época de veste e de veras, a respeito de quem Deus falava aos profetas.

Jesus Cristo Rebento de Deus

O que significa ser “Rebento de Deus”?
Durante todo o Actual Testamento, a vocábulo “fruto de Deus” é aplicada repetidamente, no ímpar, exclusivamente para Jesus, com a praticável exceção de Lucas 3:38 (no final da qualidade de Jesus cuja progénie giro até Adão), onde podia argumentar-se que Adão está implicitamente sendo denominado de fruto de Deus. “Filhos de Deus” é aplicado aos outros exclusivamente no plural. O Actual Testamento labareda Jesus de “fruto singular de Deus” João 1:8, I João 4:9), “Seu peculiar fruto” Romanos 8:3). Igualmente refere-se a Jesus simplesmente porquê “o fruto”, principalmente quando “o Fundador” é usado para se citar a Deus, porquê na sentença “a Fundador e do Rebento” II João 1:9, Mateus 28:19).
Rebento época aquele que usufruía das possibilidades do criador, assim porquê na alegoria do fruto pródigo, expor que época fruto época desistir implícito que leste tinha direitos quanto ao criador, sendo herdeiro e compartilhando da mesma natura. O evangelista Paulo nos labareda de “co-herdeiros com Cristo” (Romanos 8;17), evidenciando, jamais solitário em que implica o veste de Jesus ser Rebento de Deus, possuindo tudo o que igualmente pertence ao Fundador, quanto explicita em que acepção isso reflete naqueles que em Jesus Cristo creem. Ser o Rebento de Deus é compartir da mesma natura e usufruindo dos mesmo direitos e prerrogativas do Fundador. Mais que isso. É, em se tratando do Deus Vivo, compartir da mesma natura e compartilha da mesma existência, sendo ao mesmo temporada uno com o Fundador e seu Sacrossanto Espirito.

Jesus Cristo o Verbo de Deus.

Para que eu conseguisse alcançar o que época a Santíssima Tríade, tive que inventar algo que jamais sei se existe em qualquer sítio. Jamais é uma fórmula baseada no que está na bíblia, até por que a bíblia jamais se refere às pessoas de Deus porquê muita transparência. Uma vez que alcançar que uno solitário Deus ao mesmo temporada é três?
Resolvi me educar a trilogia olhando para as três pessoas que à compõe e definindo seus nomes. Logo teríamos a Existência em si mesma que agrega toda a origem e resumindo o que é velo que aberto veste de ser. Esse seria o Fundador, que simplesmente É. Temos igualmente o caráter que essa origem possui, basicamente sua efígie, aquilo que o Fundador se inclina a realizar e o move fundamentado na eterna e infinita sapiência e onisciência. Esse seria o Sacrossanto Alma que carrega aquilo que é o Fundador em origem. A vocábulo dessa natura superior, o declamar da termo que sai da boca de Deus, a revelação expressiva, o ato de transmitir de Deus seria o Verbo, o Rebento de Deus Fundador e Alma.
Logo Jesus Cristo, pela minha compreensão limitada, lapso e indigna de crédito, seria a revelação vocal daquilo que Deus Fundador É. É porquê se O Amo Todo Potente Deus falando, sua termo adquirisse Bibiografia e criasse inclusive bibiografia. 
Mais uma turno repito que é uma ensaio particular de me educar o Deus que eu sirvo, o Espirito que habita em mim e o Rebento em quem eu creio. Uma vez que jamais encontrei na bíblia o que fosse contra essa esclarecimento, jamais vejo por que jamais compartilhá-la. Por benefício, havendo algum desfalque teológico ou heresia peço que me avisem e afastamento esse trecho.
No mais, Esse é o marceneiro por oficio e missionário por vocação em quem eu vivamente creio ser O Rebento do Deus Vivo. Uno varão porquê eu e você, todavia que abrigou na sua origem a natura de Deus Fundador e é a revelação de Deus. Nato de dama, todavia que existe a começar de a perpetuidade.

Receba Estudos Bíblicos Diretamente no Seu Email! É Grátis!

Estamos com o PROPÓSITO de escrever um artigo POR DIA sobre um livro da bíblia. 

SE INSCREVA E RECEBA PALAVRAS DE BENÇÃO!

 

Equipe Blog de Crente

O Blog de Crente surgiu de duas necessidades: Ampliar o alcance do evangelho de Jesus Cristo e ser uma opção de estudos bíblicos e qualidade e enriquecedores.

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *